ESPIRITUALIDADE

 

EM BUSCA DO CÁLICE SAGRADO E DA PERFEIÇÃO

Domingo de Páscoa, dia que encerra o ciclo da Quaresma e o da Semana  Santa, passamos a refletir sobre os diversos simbolismos que cercam a vida e a fé em Jesus Cristo .

Um dos seus maiores símbolos já virou até filme protagonizado pelo personagem arqueólogo e caçador de aventuras, Indiana Jones,  em“ Indiana Jones e a Ùltima Cruzada “ .

Estamos falando do “ Cálice Sagrado “ , cálice usado por Cristo na última ceia antes de ser preso, também conhecido como  “ Santo Graal “ , palavra de raiz franco-espanhola que significa “sangreal “  ou “ sangue real” .

A história do cálice começa com José de Arimatéia, o hebreu rico que se encarregou de sepultar o corpo de Cristo, após a crucificação .

Enquanto lavava o corpo de Jesus, José recolheu seu sangue, que vertia das feridas no cálice .

Após o desaparecimento do corpo de Jesus, José é acusado de o ter roubado , é preso, deixado em uma cela sem qualquer   alimento.

Milagrosamente sobrevive, graças a uma pomba, que entra diariamente em sua cela e deposita no cálice uma hóstia .

Cristo aparece a ele na prisão, confia-lhe a guarda do cálice, inicia-o em alguns mistérios sagrados e desaparece .

Segundo algumas versões José de Arimatéia é libertado nos anos 70 , vai para o exílio com alguns seguidores, Grâ- Betanha, onde funda a primeira igreja cristá em Glastonbury, onde a guarda do cálice passa para seu cunhado Bron .

 

A partir daí a luta dos cristãos da Idade Média é buscar o paradeiro do Cálice Sagrado, onde as lendas de cavaleiros se confundem com a fé .

Os Cavaleiros do Rei Artur e da Ordem dos Templários se destacam na busca e na guarda do Graal .

O simbolismo aparece, onde até mesmo Maria Madalena, seguidora e testemunha da ressurreição de Jesus é representada pelo cálice .

Sua estória também se confunde com lendas celtas , onde um caldeirão mágico garantia a ressurreição dos mortos .

Alguns tomam o cálice de ágata que está na Catedral de Valência, na Espanha , como aquele que teria servido Cristo na Última Ceia, se tornando portanto, um importante centro de perigrinação, apesar da Igreja Católica não endossar o culto ao cálice, por estar envolvido em lendas medievais.

Em tempos modernos , a busca do cálice se tornou o símbolo da busca do homem pela perfeição, a partir do momento que Parsifal deixa a família para seguir com os cavaleiros do Rei Artur em busca do cálice e descobre a vida .

Buscar o divino e transceder a vida profana é o caminho de todo mortal, que jamais poderá se privar de sair da sua zona de conforto e almejar o  conhecimento maior contido no cálice .

Algumas lições que o Cálice tem a nos ensinar : 

1.    No Cálice  Cristo dividiu o vinho com os apóstolos na Última Ceia, antes de ser preso . Que saibamos dividir os bons momentos com as pessoas que amamos. Pois os instantes seguintes são incertos.

 

 

2.    José de Arimatéia colheu o sangue de Cristo no Cálice . Apesar da morte , Jesus nos deixou um legado de fé e ensinamentos . Não se preocupe com a morte, ela é certa, se preocupe com o que você deixará na lembranças das  pessoas .

3.    Parsifal e os cavaleiros da Idade Média , deixavam o conforto da vida familiar para buscar o Cálice Sagrado . Saia sempre da sua zona de conforto se ela não te faz evoluir e busque sem medo aquilo que lhe fará crescer .

4.    O Cálice Sagrado virou uma lenda sem jamais ser encontrado, mas a fé em sua existência e lição permanecem . Sua fé será sempre questionada . Mas se ela te sustenta permaneça nela sem se importar com o que dirão .

 

                     Desejamos a todos uma  Feliz Páscoa !!!!

 

 

3 comentários:

  1. Um pouco mais de conhecimento utilissimo e pertinente para esse momento!
    Gratidão Sílvio.
    Feliz Páscoa à todos!

    ResponderExcluir
  2. Show! Mto bom texto, reflexão e um bom incentivo a mudanças de pensamentos e comportamentos! Parabéns Silvio!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pela participação de todos

    ResponderExcluir

CINEMA

  A Paris Filmes acaba de confirmar a data de estreia do longa "45 do Segundo Tempo", que chegará exclusivamente nos cinemas no di...